Férias… Onde deixar seu pet

Escolhendo o Melhor Local Para Deixar Seu Pet

Com a chegada das festas de fim de ano e as esperadas férias, surge a dúvida de onde deixar o seu pet enquanto você está fora e tornar o período dele longe de você, o menos traumático possível.


Uma opção para quem não quer tirar o animal do conforto de casa, é contratar um pet sitter. Além da comodidade de alimentá-lo diariamente, trocando água e comida, e passear com o seu bichinho, ele garante que o seu animalzinho não se sinta sozinho, ainda que no aconchego de casa. No caso dos gatos, ele também garante que o seu bichano vai ter sempre a caixa de areia limpa.


Para aqueles que não conhecem alguém que possa cuidar do seu pet, damos dicas de como escolher o lugar ideal, que vai garantir não apenas o bem-estar do seu filho de quatro patas, mas que você também aproveite as suas férias na certeza de que ele estará feliz, mesmo longe do dono.

Faça uma consulta com os amigos previamente! Sempre é bom pegar referências com pessoas, que já utilizaram o serviço do estabelecimento anteriormente.

Visite o lugar antes9790

Conhecer as instalações do local que você vai deixar seu animal é fundamental. O local deve ser limpo e bem iluminado nas áreas de muita circulação. Peça para visitar o canil (ou gatil), e verifique como a limpeza é feita, e as condições das gaiolas. Observe se o local tem odor de fezes ou urina, e qual o tipo de banheiro os cães usarão: tapete higiênico, jornal, ou o chão da gaiola? Com que frequência o local é limpo? A comida fica à disposição do animal? Os potes de água estão limpos?

Se nesse caso você vai deixar o seu cão, o ideal é levar o animal nessa visita  para ele fazer o “reconhecimento do terreno”. Segundo especialistas, o fato de farejar o ambiente antes, facilita, e muito, na adaptação do pet. Enquanto isso, você vai observando de uma maneira geral o ambiente, as condições de higiene e segurança, e claro, o staff.

Prestar atenção na maneira como os funcionários cuidam dos animais, que já estão hospedados lá, é fundamental! Em um bom canil, os cães são separados pelo seu porte, o contato com outros animais é sempre monitorado, e as refeições são feitas separadamente para evitar brigas.

Espaço para recreação

Outro diferencial dos estabelecimentos mais estruturados são as atividades de recreação. Os pets precisam de espaço para se exercitar, e um período do dia para ficarem soltos, esticar as patinhas e tomar sol. Só à noite que eles devem ficar presos.

O tamanho das gaiolas que eles irão passar esse período também ser checadas. Peça para ver o local! Garanta que o seu animal terá total conforto na baia que vão destinar para ele, no período em que ele vai ficar preso. Os canis (ou gatis) devem ser individuais.

Vacinas em dia

Estranhe se o atendente ou o proprietário do estabelecimento não pedir a carteira de vacinação do seu bichinho, assim como medicamentos para vermes e parasitas em dia. Esse tipo de cuidado indica se ele faz o controle dos animais que recebe.

A administração de um bom vermicida também irá evitar que ele contraia pulgas e carrapatos, além de outras doenças, enquanto ele estiver interagindo com os outros cachorros num mesmo espaço.

Hábitos e rotina

Antes de deixar seu mascote no local, converse bastante com os cuidadores sobre os hábitos que ele já tem em casa para que, na medida do possível, a rotina dele não seja quebrada, mas respeitada. Garanta a tranquilidade do seu animal, e relate experiências traumáticas ou medos particulares que ele tenha, para que determinadas situações possam ser evitadas.

É importante também informar se o animal faz uso de medicação de uso contínuo. Transcreva os horários, ecertifique-se de que há medicamento suficiente para todo o período de sua ausência. Informe também se ele tem alergias, se já teve problemas de saúde, se é dócil, levado, e sociável, caso tenha contato com outros animais.

Leve uma mala com os brinquedos preferidos do seu cachorro (ou gato), identificados com o nome dele e o seu, além da sua caminha, para que se sinta mais tranquilo.

Especifique como é a rotina de banho, e certifique-se de deixar algum previamente agendado.

Alimentação

Se preferir, leve sua própria ração. No caso de animais idosos, ou que sofrem de alguma doença crônica, é importante que a dieta não seja quebrada de maneira alguma, principalmente no período que você estiver fora.

É comum que os animais não se alimentem na ausência do dono, principalmente os de pequeno porte, acostumados ao colo, ou que estejam passando por essa experiência pela primeira vez.

Para estes, a solução é recorrer ao veterinário que deve, obrigatoriamente, ficar à disposição no estabelecimento. Se preferir, solicite a prescrição de suplementos, que são ricos em nutrientes, palatável, e em geral, não apresentam contraindicações. O ideal é começar com o medicamento em casa, pelo menos um mês antes de viajar, para que o bichinho vá se acostumando.

Telefones para contato e emergências

Forneça o número de um veterinário que já tenha cuidado do seu animal previamente. E se você tiver um amigo de confiança que não vai viajar, e se disponha a ajudar em caso de emergências, deixe o número de contato dele também. Lembre-se que na sua ausência, em caso de emergência ou outro motivo maior, ele deve ser o único contato autorizado a retirar o seu animal do local.

E não se torture, achando que você está fazendo alguma maldade com o seu melhor amigo, deixando-o numboarding, num lugar sem a sua presença. Acredite, isso pode ser muito bom pra ele! Principalmente se ele for muito apegado a você, ou tiver problemas de síndrome de separação.

No hotel, ele terá a oportunidade de se relacionar com outros cachorros, e isso será muito bom para a sua socialização. Ele vai praticar atividades físicas, e brincar a maior parte do tempo, com acesso a piscina, e em alguns casos massagens e vários outros treats.

Você vai perceber que ele vai voltar feliz, mais tranquilo, e menos ansioso e estressado.

Enfim, todos os detalhes são importantes para que você possa viajar tranquilo, além é claro de ter a certeza que você fez a melhor escolha de onde seu bichinho vai ficar.

Boa viagem e boas férias para vc e para os seus pets também!

A Revista Brasilianas indica:

Meadowlake Pet Resort & Training Center

13500 Furman Road, Houston, TX, 77047, (713) 41301633

Pet Styling by Sherry

13707 West Road, Houston, TX, 77041, (832) 237-2060

St. Francis Animal hospital & Pet Resort

18111 Katy Freeway, Suite B, Houston, TX, 77094, (281) 599-7387

Montrose Veterinary Clinic

1701 Montrose Blvd., Houston, TX, 77006, (713) 524-3814

Washington Heights Veterinary Clinic

2324 Shearn St., Houston, TX, 77007, (713) 802-2366

 

 

 

Fontes: “Embarque na Viagem”, “Pet Hotel”, “Pet Dog Club”, “Dicas Boas Pra Cachorro”, “Eu, Você e os Cachorros”, “Love Meow”, “Somos Petz”, “Blog Paws”

 

Deixe Seu Comentário

Revista Brasilianas

Revista Brasilianas is a community magazine focused on the Brazilian communities in the
United States.
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Revista Brasilianas é uma revista regional focada nas comunidades brasileiras no
Estados Unidos.
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Media Kit - Português
Download

Media Kit - English
Download
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
info@revistabrasilianas.com
(657) 2BFFHOU
(657) 223-3468

Expediente

Diretora Executiva
Priscila Trummer

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Editor de Jornalismo Brasil
Tim Filho

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Redes Sociais
Rovena Fundão

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Diretoria
Ana Paula Barbosa

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Marketing
Daniella Zakhour

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Web Designer
Antonio Neto

Latest Posts