Brasil lidera a lista de países que ultrapassam o limite de permanência nos EUA

Mais de meio milhão de estrangeiros permaneceram nos Estados Unidos depois que seus vistos expiraram durante o último ano fiscal, de acordo com um novo relatório divulgado pelo Departamento de Segurança Interna (DHS) na segunda-feira.
Dos mais de 50 milhões de estrangeiros que entraram nos Estados Unidos, 1,47% – ou seja 739.478 pessoas – permaneceram no país após a duração do visto. Isso inclui aqueles que ficam mais de um dia além o tempo permitido, bem como as pessoas que não tiveram a intenção de deixar os EUA.
Este relatório mostra que “temos um problema com o overstaying de vistos nos Estados Unidos”, disse um alto funcionário do DHS nesta segunda-feira, apontando que o número de pessoas que ficaram ilegalmente nos Estados Unidos está perto da população de Seattle.

“A integridade do nosso sistema de imigração está em jogo”, acrescentou o funcionário.

Este é o segundo ano em que o DHS lançou formalmente esses números.

O relatório representa cerca de 96 por cento de todas as pessoas que entraram nos EUA com um visto temporário, incluindo trabalhadores temporários, estudantes, visitantes de intercâmbio, viagens pessoais e viagens de negócios – um grupo maior do que o relatório de 2015 . As únicas exceções em 2016 eram as tripulações de companhias aéreas e passageiros em trânsito.

No entanto, o relatório não inclui as pessoas que entram nos Estados Unidos através de postos de controle terrestres, mas em alguns casos as saídas para o Canadá ou México são incluídas.

Ao determinar se alguém ultrapassou um visto, o DHS precisa levar em consideração se eles solicitaram um benefício de imigração permanente ou legalmente estenderam sua estadia nos EUA.

Entre os países que participam no Programa de Isenção de Visto, que permite aos cidadãos de 38 países viajar para os EUA para negócios ou turismo sem visto, o Reino Unido, seguido pela Alemanha, Itália e França teve o maior número total de pessoas que ultrapassam os seus vistos de viagem para negócios ou lazer.
O Brasil teve, de longe, o maior número de ultrapassagens de países que não participam do programa de isenção de vistos – seguido pela Venezuela, China, Colômbia e Nigéria.

Enquanto DHS diz que está confiante em seus dados, há uma chance de que alguém poderia deixar os EUA como um “impostor” porque as partidas são atualmente apenas acompanhadas usando dados biográficos.
Há atualmente um programa piloto no aeroporto de Atlanta que está usando o reconhecimento facial para combinar as pessoas com suas fotos quando eles deixam o país.

Quando as pessoas ultrapassam os seus vistos, os dados são partilhados com o ICE. São fornecidas informações diariamente em conjunto com o  ICE.

No entanto, um relatório do inspetor geral do DHS no início deste mês descobriu que um conjunto “fragmentado e ineficaz” dos sistemas de tecnologia da informação (TI) dificultam os esforços da U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) para monitorar o overstaying dos vistos.

Deixe Seu Comentário

Revista Brasilianas

Revista Brasilianas is a community magazine focused on the Brazilian communities in the
United States.
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Revista Brasilianas é uma revista regional focada nas comunidades brasileiras no
Estados Unidos.
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Media Kit - Português
Download

Media Kit - English
Download
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
info@revistabrasilianas.com
(657) 2BFFHOU
(657) 223-3468

Expediente

Diretora Executiva
Priscila Trummer

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Editor de Jornalismo Brasil
Tim Filho

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Redes Sociais
Rovena Fundão

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Diretoria
Ana Paula Barbosa

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Marketing
Daniella Zakhour

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Web Designer
Antonio Neto

Latest Posts