Arroz e feijão, please?

Uma das dificuldades de muitos brasileiros que moram fora do Brasil é o quesito alimentação. E quando se tem um filho que adora arroz e feijão na terra do fast food a dificuldade é um pouquinho maior. Quem já não teve vontade de pedir ao garçom a nossa duplinha super saudável ao ler aquele cardápio bomba relógio, cheio de gordura trans que vai desde o macarrão com queijo, hambúrguer, frango e batata frita?
burger

 

Aqui, dificilmente se tem a casa da vó ou da tia para visitar e filar aaaqqqueeele almoço no domingo e nem mesmo o restaurante por quilo belezura na esquina de casa. O começo é difícil, mas o ser humano tem uma facilidade de se adaptar aos ambientes, e com o tempo a vontade passa, os gostos mudam ou você aprende a cozinhar! Dia desses um americano me perguntou qual é a principal diferença entre o Brasil e os Estados Unidos. São tantas, que na hora até titubeei e respondi depois de uns minutos: – Acho que é a comida! Aí, fui contando para ele os nossos hábitos alimentares. Acho que “caiu a ficha” e ele respondeu: – É… Nós comemos mal para pra caramba mesmo!

É um desperdício de oportunidade para crianças que estão “formando” o paladar terem acesso apenas à pizza, cachorro quente, sanduíche e, às vezes, uns legumes ou vegetais. Infelizmente, o cardápio mais comum oferecido nas escolas. Definitivamente, hábitos alimentares saudáveis não é algo a se aprender na escola por aqui. Claro que, como tudo, não dá para generalizar, mas não é à toa que o país tem a Michelle Obama fazendo campanha, Let´s Move, para que isso comece a mudar. Segundo ela, 40% das crianças americanas estão com sobrepeso ou obesas. O programa da primeira dama foca em dois temas principais: qualidade das refeições nas escolas públicas e o incentivo de atividades físicas para as crianças.

13829895_l

Se um restaurante brasileiro estiver muito distante do seu mapa nos Estados Unidos e você não aguenta mais o Olive Garden, as opções que podem salvar são os restaurantes de comida mediterrânea, mexicana e o buffet do Whole Foods! A cultura mediterrânea não tem o hábito do feijão, mas tem carnes gostosas acompanhadas de arroz e salada e, em muitos restaurantes, o suco natural é uma ótima pedida. Outra dica são as fajitas e burritos de alguns mexicanos, o feijão não é igual, mas dá para o gasto. Se mesmo em viagens você acaba se rendendo e procurando lugares que ofereçam, pelo menos, um arroz, carne e saladinha, bem-vindo ao clube Brasileiro!

Polliana Coelho é jornalista, expatriada no Texas há 4 anos.

 

_anuncio_full_2

Deixe Seu Comentário

Revista Brasilianas

Revista Brasilianas is a community magazine focused on the Brazilian communities in the
United States.
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Revista Brasilianas é uma revista regional focada nas comunidades brasileiras no
Estados Unidos.
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Media Kit - Português
Download

Media Kit - English
Download
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
info@revistabrasilianas.com
(657) 2BFFHOU
(657) 223-3468

Expediente

Diretora Executiva
Priscila Trummer

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Editor de Jornalismo Brasil
Tim Filho

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Redes Sociais
Rovena Fundão

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Diretoria
Ana Paula Barbosa

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Marketing
Daniella Zakhour

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Web Designer
Antonio Neto

Latest Posts