“A carreira diplomática é um sacerdócio”

34162384_l

São mais de trinta anos de trabalho dedicados às relações internacionais brasileiras. Ele já trabalhou nos Consulados Brasileiros em Los Angeles, Boston e Houston, e nas Embaixadas do Uruguai, Washington D.C. e Cidade do México. Em 2006, por seu excelente trabalho diplomático, Mario Saade foi promovido a Embaixador. Nessa entrevista exclusiva para a Revista Brasilianas, sua Excelência, hoje alocado em Houston, nos fala da carreira diplomática e das relações entre Brasil e Estados Unidos.

MarioSaade-2 (1)Revista Brasilianas: O Consulado de Houston é uma das representações brasileiras mais conceituadas nos Estados Unidos, especialmente pela agilidade e eficácia no atendimento. A que o senhor atribui esse desempenho e boa reputação do Consulado?

Embaixador Mario Saade: A equipe do Consulado tem recebido frequentes elogios pela qualidade e eficácia do atendimento. Atribuo esse bom resultado à dedicação e competência dos funcionários, associadas à enorme boa vontade no trato com todos que comparecem ao Consulado. Há um genuíno desejo de bem servir à comunidade.

Revista Brasilianas: Na sua longa trajetória diplomática houve alguma situação que marcou sua carreira?

Embaixador Mario Saade: São muitas as situações que ocorrem durante uma longa carreira diplomática, tanto no campo pessoal como profissional. As viagens presidenciais, as cerimônias de entregas de credenciais e as grandes conferências internacionais constituem eventos importantes na vida de todo diplomata. Entretanto, são os desafios resultantes das constantes mudanças de postos que, na maioria das vezes, representam os acontecimentos mais marcantes em nossa trajetória.

Revista Brasilianas: Baseado em sua vasta experiência, quais orientações o senhor poderia conceder para quem deseja iniciar a carreira diplomática?

Embaixador Mario Saade: A carreira diplomática é um sacerdócio. É claro que requer vocação, mas exige, também, dedicação e desprendimento. É uma honra representar o nosso país, falar em nome do Brasil, mas, por outro lado, é uma profissão que impõe disciplina e sacrifícios. É preciso prestar muita atenção com a estruturação da família, pois é ela que mais sofre com as frequentes mudanças de cultura e de países a que nós, diplomatas, estamos sujeitos.

Revista Brasilianas: De que modo a Internet e as mídias sociais influenciaram nas relações e no atendimento do Consulado aos brasileiros? Qual a média de atendimento mensal do Consulado?

Embaixador Mario Saade: A Internet é um instrumento da maior relevância para a atuação do Consulado. É na Internet que colocamos todas as orientações a respeito dos serviços que oferecemos ao público em geral, além de ser o principal meio de comunicação com o nosso público. O Consulado efetua mais de 150 atendimentos por dia.

Revista Brasilianas: O senhor poderia nos dar mais informações sobre o Vitrine do Exportador e qual a expectativa do Consulado em relação a esse projeto?

Embaixador Mario Saade: A Vitrine do Exportador é uma evolução de ferramenta que vem sendo utilizada pelo sistema de promoção comercial brasileiro há muito tempo. Esse novo projeto tem a vantagem de reunir em um mesmo portal todos os protagonistas do esforço exportador nacional. Trata-se de um instrumento importante para os nossos exportadores e do qual o Consulado também tem feito uso.

Revista Brasilianas: Em recente nota divulgada pela Embratur, estão sendo propostas várias campanhas com o objetivo de estimular o turismo brasileiro nos Estados Unidos antes das Olimpíadas Rio-2016. O Consulado irá aproveitar esse ensejo para realizar alguma ação em conjunto com a Embratur que promova o Brasil aqui na nossa área? Se sim, como a comunidade brasileira pode participar?

Embaixador Mario Saade: Tal como aconteceu na última Copa do Mundo, serão desenvolvidas, também por ocasião das Olimpíadas, campanhas de promoção do turismo no Brasil. Aqui em Houston, deverá haver larga distribuição de material de propaganda. Dependendo dos meios que sejam colocados à disposição do Consulado, a comunidade será certamente convidada a colaborar.

Revista Brasilianas: No último encontro entre os representantes dos Estados Unidos e Brasil, se falou da possibilidade de isenção de visto entre os dois países. Pela sua experiência, o senhor acredita na possibilidade de um desfecho positivo para essa questão? Se sim, estima-se uma previsão? Houve outros pontos positivos desse encontro que valem a pena ser citados?

Embaixador Mario Saade: A isenção de visto entre Brasil e EUA é assunto de interesse mútuo e está na pauta de nossas conversações bilaterais. Entretanto, é preciso que algumas etapas sejam previamente cumpridas. Estamos nesse caminho.

Revista Brasilianas: De que modo organizações como a Brazilian Friends Foundation podem contribuir com o Consulado para melhorar a experiência dos brasileiros que residem nos Estados Unidos?

Embaixador Mario Saade: As organizações brasileiras sediadas em Houston podem colaborar com o Consulado ajudando, sobretudo, a disseminar as informações de interesse da comunidade e participando da organização de eventos cívicos, como, por exemplo, das    eleições.

Deixe Seu Comentário

Revista Brasilianas

Revista Brasilianas is a community magazine focused on the Brazilian communities in the
United States.
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Revista Brasilianas é uma revista regional focada nas comunidades brasileiras no
Estados Unidos.
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Media Kit - Português
Download

Media Kit - English
Download
- - - - - - - - - - - - - - - - - -
info@revistabrasilianas.com
(657) 2BFFHOU
(657) 223-3468

Expediente

Diretora Executiva
Priscila Trummer

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Editor de Jornalismo Brasil
Tim Filho

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Redes Sociais
Rovena Fundão

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Diretoria
Ana Paula Barbosa

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Marketing
Daniella Zakhour

- - - - - - - - - - - - - - - - - -
Web Designer
Antonio Neto

Latest Posts